Buscar no site
Foto JV

Sobre JV

Jack Vartanian cria joias com estilo único que une tradição com design cool e sofisticado desde 1999, ano que fundou sua marca.

Nascido em uma família com expertise em pedras preciosas, desenvolveu cedo sua paixão por este ramo. Na adolescência viajou pelo mundo, onde aprendeu a reconhecer as melhores pedras e desenvolver um olhar apurado.

O resultado é refletido em suas peças atemporais para todas as ocasiões, verdadeiros objetos de desejo que exploram sua excelência no ouro, ródio negro, diamante negro, diamante branco, esmeraldas, rubis e safiras.


Marca e Atelier

A produção assemelha-se ao da alta costura francesa, onde todo o desenvolvimento é feito à mão por profissionais meticulosos que utilizam técnicas únicas de lapidação. O controle de qualidade é rigoroso em todas as etapas do processo de criação, desde a escultura até o acabamento de peça.

Jack Vartanian, ao longo de sua carreira, firmou-se no Brasil e no exterior como um dos principais designers de joias, criando tendências fortes no segmento - brincos de franjas, acessórios com tachas, texturas nas joias e a volta dos brincos rentes a orelha - que ganharam os principais editoriais de moda. Suas peças atemporais mesclam acabamento primoroso feito à mão e design cool, sempre ligadas ao mundo da moda. “Crio joias que transitam entre o dia e a noite, para serem usadas por mulheres de vários estilos em qualquer ocasião”, diz Jack.

Com o propósito de criar uma ação coletiva de cidadania, Jack Vartanian é responsável pela zeladoria da Praça Homero Vaz, em São Paulo. Desde abril de 2015, o espaço entre a Rua Bela Cintra e a Avenida Estados Unidos ganhou cara e vida novas.

Um banco escultura de 33 metros, assinado pelo artista plástico argentino Pablo Reinoso, foi leiloado coletivamente e doado para a cidade. Além de um espaço para uso da comunidade, a marca também promove eventos sem fins lucrativos. O “Vem pra Praça JV” reúne famílias para tardes com gastronomia, recreação e oficinas infantis, shows de dança e música, adoção de filhotes. Uma horta comunitária, desenvolvida em parceria com Aorta, inspira as pessoas a cultivarem boas relações e seus próprios alimentos.

Assista o vídeo e conheça mais sobre o projeto Praça Homero Vaz: